KiloCore o primeiro processador com mil núcleos

A Universidade da Califórnia desenvolveu um chip chamado KiloCore, contendo milhares de processadores capazes de trabalhar em paralelo, com um consumo mínimo.

KiloCore é o primeiro processador de uma universidade a processar mais de 1.78 milhões de instruções por segundo.

Processadores multicore representam a grande revolução dos computadores nas últimas décadas. Um núcleo ou core é como um pequeno processador dentro do próprio processador principal que pode operar de forma independente, abrindo as portas para o processamento paralelo. Dessa forma, você multiplica o desempenho, mantendo o consumo em níveis mais baixos se você utilizasse vários grandes processadores com um único núcleo.

Computadores, smartphones utilizan CPUs consoles de games atuais utilizam de 2 a 10 núcleos. A nível profissional pode ser encontrado CPUs com 32 ou mais núcleos. A Universidade da Califórnia, em colaboração com a IBM, apresenta o KiloCore, o primeiro processador equipado com 1.000 núcleos ou processadores independentes. Até agora, a maior computador com multiprocessamento tinha 300 núcleos de processamento.

KiloCore é o chip mais rápido desenvolvido em uma universidade, mas também implementa uma série de tecnologias inovadoras que reduzem o consumo. Ele é capaz de executar 1.78 milhões de instruções por segundo e contém 621 milhões de transistores. Tem sido fabricado usando 32 nanômetros.

Cada núcleo pode executar a uma velocidade média de 1,78 GHz, e tem a particularidade de que eles podem trocar dados entre si sem recurso da memória cache.

A Universidade da Califórnia está trabalhando em novos algoritmos para dividir um programa em várias tarefas independentes a serem processados em paralelo com KiloCore. Assim, o desempenho é multiplicado por cem a manutenção de um baixo consumo.

Onde será que vamos parar com o avanço da tecnologia? deixe um comentário ai. Siga o informacaotech.com feed, twitter, facebook, telegram.

Sou alguém apaixonado por tecnologia, empreendedorismo, redes sociais, Twitter, estatística e administração.
Superintendente de Internet na Canção Nova

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *