Facebook confia na Samsung para criar seus óculos inteligentes AR

A empresa de Mark Zuckerberg escolheu a empresa coreana para desenvolver seus óculos inteligentes de realidade aumentada.

Faz vários anos que o Facebook expôs seus planos de levar óculos inteligentes de realidade aumentada ao mercado de tecnologia. A tecnologia evoluiu ao longo do tempo e agora estamos em novos tempos  que a conexão 5G , o WiFi 6.0 e as conexões ultra-banda ( UWB ) são essenciais para dispositivos como óculos inteligentes.

É por isso que já existem várias empresas que começaram a olhar para o futuro e uma delas é a criadora da famosa rede social o Facebook.

Os óculos inteligentes prometem ser o futuro de uma nova tecnologia.

O Facebook comprou a Oculus há alguns anos para entrar no mundo da realidade virtual. Graças a isso, a realidade virtual começou a decolar e suas promessas futuras, porque agora ser usuário de RV é muito mais fácil e mais barato . No entanto, a empresa vê muito potencial em realidade aumentada e é por isso que está colocando todas as suas fichas no desenvolvimento dessa tecnologia.

Os Óculos Facebook AR virão com chip Samsung de 7 nm, o conceito de óculos que a empresa da famosa rede social tem em mente é muito semelhante ao conhecido Google Glass.

Embora a empresa e com a tecnologia existente atualmente, possa fabricar um dispositivo muito mais elegante para gerar atratividade para o mercado de massa. Portanto, poderíamos falar que ele teria um design mais simples.

Segundo a imprensa coreana , a 

Samsung seria responsável pela produção dos chips para os óculos de realidade aumentada do Facebook

as negociações entre as duas empresas prosseguem desde o início do ano. O chip que incorporaria os óculos do Facebook seria de 7 nm.

Graças a uma patente solicitada em 2016 pela empresa, é possível descobrir um pouco sobre a possível operação desse chip de 7 nanômetros. Não da para entrar em muitos detalhes, já que a patente fala de detalhes muito técnicos, mas sabe-se que os óculos AR precisariam de uma fonte de luz, um modificador de luz e um controlador. Esse controlador seria responsável por transmitir as instruções para gerar luz de origem e transmiti-la aos olhos do usuário.

Logicamente, tudo isso deve ser projetado e adaptado a um espaço muito pequeno entre a armação dos óculos inteligentes. Por isso, o Facebook também fez parceria com a Ray-Ban para realizar essa tarefa complicada. Esperamos descobrir os futuros óculos em dois anos, como indicam os rumores.

Eu como usuário de óculos, quero saber como serão tratados pois eu já tenho um óculos, como utilizar de AR nele? Vamos em busca dessas informações.

Espero que tenha gostado desse conteúdo, compartilhe, comente e deixe sugestões nos comentários.

No sidebar é possível encontrar links das minhas redes sociais.

Muito obrigado pela atenção.

Sou alguém apaixonado por tecnologia, empreendedorismo, redes sociais, Twitter, estatística e administração. Superintendente de Internet na Canção Nova

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *