7 exemplos do marketing sendo aplicado no IOT

O IOT (Internet of Things) ou Internet das Coisas tem crescido muito, veja 7 exemplos de aplicações.

Uma das maiores tendências da tecnologia atualmente é sobre a Internet das Coisas, ou seja, todas as coisas ao nosso redor estarão conectados, o nível de tecnologia que o IOT trará será maior do que a evolução de 20 anos.

Estima-se que até 2020 teremos 75 bilhões de dispositivos conectados.

A Internet das Coisas poderá fazer coisas como uma lâmpada que avisa ao fornecedor que ela esta queimando, e qualquer outra coisa, quando entramos no universo de IOT, podemos imaginar realmente qualquer coisa, vamos ver algumas coisas que já estão sendo aplicadas no marketing e no IOT.

Os produtos serão inteligentes e, portanto, podem ser usados ​​para se comercializar de uma maneira que antes era impensável. Uma garrafa de refrigerantepor exemplo poderia ter um chip que ligado ao seu smartphone via Bluetooth, faria automaticamente um post nas redes sociais, dizendo aos seus amigos o que você esta tomando e onde está. Basta ver quantas pessoas já fazem isso e você verá rapidamente que há demanda para esse tipo de ação.

Produto como mídia, Todo produto pode vir a ser um dispositivo de mídia capaz de se comercializar digitalmente e automaticamente.

FitBit

Um exemplo prático é o que essa pulseira faz ao estar conectada na internet e terminar uma corrida ela posta automaticamente nas suas contas das redes sociais, dessa forma fazendo propaganda do produto.

Diageo

Os produtos podem ser muito mais pessoais quando a Internet das coisas os torna inteligentes. Os uísques Diageo decidiu posicionar-se como a bebida para comemorar o dia dos pais, conectando 100 mil garrafas à Internet para que pudessem ser usadas para enviar uma mensagem de vídeo digital personalizada aos pais.

Os resultados foram fantásticos. A Diageo teve um crescimento de vendas em 72% na liderança do dia dos pais e o custo da campanha foi reembolsado cinco vezes. Ele também ajuda a posicionar a marca como inovadora e posicionado como o presente perfeito do dia dos pais. A campanha também ganhou o primeiro na International Advertising Associations.

Você pode ver o estudo de caso aqui

Amazon – Tide

Os produtos conectados não precisam apenas ser ferramentas de marketing; Eles também podem ser usados para vendas! Os objetos conectados podendo comprar mais de si mesmo são sem duvida um santo graal para marcas B2C, e isso é exatamente o que a Tide alcançou em parceria com a amazon.

A compra praticamente a um botão faz com que toda vez que você aperte, ele envia uma informação a amazon.com para que seja entregue na sua casa outro frasco de detergente.

Sem dúvida isso é um problema muito grande para as outras empresas de detergente, pois assim, o usuário não terá que fazer uma escolha por produto, mas sim uma marca já se posicionou no mercado.

Produto como serviço, a Internet das coisas também significa que os produtos podem incluir recursos que anteriormente seriam impossíveis.

Fãs do Big Ass

Vale a pena mencionar apenas por seu nome fantástico, os fãs do Big Ass criaram o que eles chamam de “o primeiro Smart Celling do mundo”. O ventilador possui sensores de velocidade, luz e temperaturas e pode ser controlado por um aplicativo de smartphone e aprender suas preferências de conforto, adaptando a velocidade do ventilador de acordo com o que for melhor para aquele momento. Isso o diferencia de outros ventiladores de teto no mercado.

Tesla Motors

A Tesla é conhecida por sua tecnologia inovadora de carros elétricos. Mas eles também estão snso um empurrão nos dispositivos de conexão. Eles atualizaram o software de todos os seus carros remotamente para melhorar o desempenho sem qualquer inconveniente para o consumidor.

Gooee

Gooee é um fornecedor de lâmpadas que pretende transformar a iluminação em um serviço. Suas lâmpadas conectadas podem fornecer manutenção preditiva e preventiva, garantia e prova de desempenho, economia de energia, detecção de fumaça, análise de dados e até mesmo podemos usar para iluminar um ambiente (rsrsrs)!

Sem dúvida essa tecnologia coloca a Gooee muito a frente de todos os outros fabricantes de lampadas no quesito de um produto atrelado a um serviço.

Uber – Spotify

O Uber e o Spotify ligaram seus serviços para que os clientes possam conectar sua conta Spotify ao seu aplicativo Uber e, em seguida, quando estiver usando em um Uber, ele pode usar a aplicação Uber para tocar música através dos alto-falantes do carro pela sua conta Spotify.

Estes dois aplicativos estão conversando entre si, e depois ligado ao carro! Não poderia haver um exemplo melhor de internet das coisas. Ele melhora a experiência do cliente e ajuda a manter os clientes, colocando-os em seu ecossistema de produtos.

Como você vê esse crescimento da Internet das Coisas?

Fonte: www.smartinsights.com

Sou alguém apaixonado por tecnologia, empreendedorismo, redes sociais, Twitter, estatística e administração. Superintendente de Internet na Canção Nova

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *